SOBRE A CLÍNICA
DOENÇAS TRATADAS
DEPOIMENTOS DE NOSSOS CLIENTES
APARELHOS DE TRATAMENTO
ENTRE EM CONTATO CONOSCO

Depoimentos

A fim de melhor ilustrar o trabalho desenvolvido, apresentamos a seguir os depoimentos de alguns pacientes tratados em épocas diversas no Centro de Fototerapia PUVA S/C Ltda. e que consentiram em ter seus nomes aqui divulgados.

(Nov 2001) E-mail de FRANCISCA: Gostaria de dizer que estou extremamente feliz, pois esse ano de 2001 consegui realizar os meus sonhos: resolvi o problema cardíaco e agora estou resolvendo o meu problema de pele. Gostaria que todos tivessem a mesma oportunidade e condições de pelo menos poder voltar a sorrir, pois essa tal PSORÍASE acaba com qualquer felicidade.
BEIJOS, ADORO TODOS VOCÊS.
FRANCISCA
triacon@uol.com.br

(Nov 2001) E-mail de LUANNA: Venho por meio deste e-mail, agradecer ao Sr. Alexandre pela minha recuperação total da Psoríase e que só ele fez acreditar que realmente um dia eu poderia ser uma pessoa normal, sem precisar me esconder debaixo de tantas roupas, pois tinha vergonha de mostrar minhas lesões. Obrigado Sr. Alexandre, pois hoje sou uma pessoa super feliz e sem nenhuma lesão no meu corpo. Eu simplesmente já usei de tudo e a sua máquina foi algo extremamente valioso na minha vida, já não preciso usá-la mais, já faz um ano e meio que estou sem Psoríase. Obrigado!
lauannajudoca@zipmail.com.br
(84) 231-4874

Dra. SILVIA ZIEGLER, 26 anos, advogada, residente em São Paulo, SP, é ex-portadora de Psoríase extensa e disseminada, realizou tratamento pelo Método PUVA em 1992 e ficou isenta de Psoríase pelo período de 6 (seis) anos consecutivos.

O Sr. TUK YONG BANG, 39 anos, comerciante, residente em São Paulo, SP realizou tratamento pelo Método PUVA em 1991 na clínica Centro de Fototerapia PUVA S/C Ltda. apresentando na época envolvimento no corpo inteiro, em caráter disseminado. Ficou totalmente sem Psoríase ou outro tratamento até a presente data (Julho 1998) quando retornou para novo tratamento.

D. ANA CÉLIA FERREIRA LIMA, 31 anos, do lar, residente em Carapicuiba, SP e portadora de Psoríase, fez tratamento pelo Método PUVA na Clínica Centro de Fototerapia PUVA S/C Ltda. nesta Capital, em 1994 estando em ótimas condições e só apresentando no momento alguns pontos menores em tratamento.

Dona MARIA INÊS SALUM, 45 anos, Gerente Administrativa, residente em São Paulo, SP realizou um primeiro tratamento pelo Método PUVA em 1986, tendo retornado para outro tratamento após dois anos de estar completamente bem e sem o concurso de qualquer outro tratamento ou medicamento.

Dra. ESTER GLAUCIA ROSENTHAL, 22 anos, dentista, portadora de Psoríase e residente em São Paulo, SP realizou tratamento pelo Método PUVA na clínica Centro de Fototerapia PUVA S/C Ltda. permanecendo sem algum sinal na pele e sem nenhum outro tratamento, pelo período de 18 meses.

Dra. WALCY APARECIDA DE ASSIS, 33 anos, Química, realizou durante o período de 12 anos diversos tratamentos para o Vitiligo de que é portadora, sem nunca ver resultados apreciáveis. Em 1997 iniciou tratamento pelo Método PUVA na clínica Centro de Fototerapia PUVA S/C Ltda. nesta Capital, apresentando Vitiligo visível em várias partes do corpo. Já nos primeiros meses conseguiu resultados excelentes com o desaparecimento de quase todas as lesões.

Sr. AGNALDO PEDRO DE OLIVEIRA, 52 anos, Contador, portador de Psoríase generalizada, residente nesta Capital realizou tratamento pelo Método PUVA e pelo Método de Ingram na Clínica Centro de Fototerapia PUVA S/C Ltda. em São Paulo, SP em 1995. Está totalmente bom até a presente data, sem sinal da Psoríase.

D. EDNÉIA C. VEDOVATO, 26 ANOS, Profissional de Vendas e portadora de Psoríase desde os 14 anos de idade. Realizou tratamento pelo Método PUVA em 1993 com excelentes resultados, ficando isenta de Psoríase pelo prazo de aproximadamente 5 anos. - "Após tantos tratamentos infrutíferos o sucesso deste foi de ordem tal que até insisti com meu pai para submeter ao meu irmão, igualmente portador de Psoríase, na época com somente 4 anos de idade." (Em vista da tenra idade ele recebeu o tratamento pelo Método de Goeckerman estando sem Psoríase até a presente data). (Julho/98).

D. CLEUZA HERRERA AURICCHIO, 44 anos, Decoradora, portadora de Psoríase e residente em São Caetano do Sul, SP em 1992 realizou tratamento pelo Método PUVA na clínica Centro de Fototerapia PUVA S/C Ltda. nesta Capital. Não precisou de nenhum tratamento pelo prazo de aproximadamente 5 (cinco) anos ficando totalmente boa neste período.

"Desde os 16 anos de idade tenho Psoríase. Iniciei o tratamento de Fototerapia PUVA aos 18 obtendo ótimos resultados. Hoje com 28 anos e após inúmeras tentativas alternativas de tratamento retomei a Fototerapia PUVA por entender ser o método mais eficaz para as pessoas que tem Psoríase..." - Dra. A.K., 28 anos, advogada.

Dr. A.C. brasileiro, casado, advogado e portador de Psoríase desde 1968. Realizou o primeiro tratamento pelo Método PUVA em 1977 após passar por diversos médicos e medicamentos após o que apresentava área de 25% do corpo tomada pela Psoríase. Foi um sucesso total. Posteriormente realizou tratamentos a cada 2 ou 3 anos, com incidência sempre menor da área afetada pela Psoríase. O último tratamento foi ministrado em 1990 e está ótimo até a presente data, com poucos e pequenos pontos que vão e vem e nem merecem tratamento algum.

D. MARIA HELENA DORETTO, 49 anos, Auxiliar de Enfermagem, portadora de Psoríase disseminada por todo o corpo, fez tratamento pelo Método PUVA na clínica Centro de Fototerapia PUVA S/C Ltda. em 1980. Em 1994 retornou ao tratamento, apresentando lesões esporádicas e discretas no corpo e envolvimento no couro cabeludo. Novamente resolvida não precisou de nenhum tratamento até a presente data quando retornou para realizar tratamento somente localizado no couro cabeludo.

Dr. CONFUCIO RODRIGUES CAVALCANTE, 52 anos, Economista, portador de Psoríase disseminada. Realizou o primeiro tratamento pelo Método Puva em 1983 e retornou para o seguinte cinco anos depois, tendo ficado neste interím sem necessidade de qualquer intervenção e completamente livre dos sintomas.

Sr.CLAUDIO GROZINSKY JR., 24 anos, Assistente Comercial e portador de Psoríase disseminada. Passou diversos anos fazendo tratamentos à base de pomadas e medicamentos e todo tipo de receitas caseiras sem resultados. Em 1996 realizou tratamento pelo Método PUVA e viu-se 100% livre do problema até a presente data.

D.GRAÇA DO PERPÉTUO SOCORRO DOS PRAZERES HENRIQUES, 40 anos, telefonista, residente em Santos, SP e portadora de Psoríase há muitos anos. Fez tratamento pelo Método de Goeckerman na clínica Centro de Fototerapia PUVA S/C Ltda. e permaneceu sem lesões por um ano e meio. Está retornando ao tratamento atualmente (Julho 1998) e declara satisfeita : ..." Realmente indico o tratamento ..."

"Sou ANA PAULA LOT FERREIRA, residente em São Paulo, SP e portadora de Psoríase há 8 anos. Cuidei da Psoríase por volta de 2 anos ainda sem saber o que era na verdade. Utilizava muitos produtos, remédios, métodos naturais e nada resolvia...meu corpo foi tomado por quase 30% de Psoríase, principalmente localizada em meu rosto, braços e pernas...um amigo indicou a clínica Centro de Fototerapia PUVA S/C Ltda. onde iniciei o tratamento em 1995 e mantive praticamente 100% de ausência da Psoríase por muito tempo. Além do Método PUVA utilizei o Método de Goeckerman e em 1997 resolvi comprar uma máquina para tratamento em casa."

Dra. VANIA SOUZA MAIA LOBATO, 37 anos, advogada, casada e portadora de Vitiligo fez tratamento pelo Método PUVA e declara "... a recuperação da cor, principalmente no meu rosto foi muito boa."

Sr. NELSON MURACA, 56 anos, comerciante, em Janeiro 1996 foi diagnosticado como portador de Parapsoríase. Foi submetido ao tratamento pelo Método PUVA e em aproximadamente 3 meses concluiu o tratamento. "Hoje estou curado" declara.

"Frequente o PUVA como você frequenta uma academia. A academia mantém os músculos no lugar e o PUVA mantém a pele saudável. Jamais deixe de se cuidar e isso não quer dizer viver em função da Psoríase. Administre melhor o convívio com as coisas que te incomodam. Humor e amor ajudam...Ah ! E umas cervejas com amigos também. O primeiro tratamento (Método de Goeckerman) ocorreu aos 9 anos. Depois de terminado passei 2 anos sem preocupações." LUANA PEREIRA DE ALMEIDA, 25 anos, atriz.

D. ELAINE DE ARAÚJO PINHEIRO, 23 anos, Auxiliar de Administração, portadora de Vitiligo disseminado. Iniciou tratamento pelo Método PUVA em 1995 apresentando excelentes resultados em poucos meses. Não chegou ao final do tratamento por motivo de gravidez, quando o mesmo foi interrompido, de acordo com o procedimento normal.

 

Aos portadores de Psoríase, ou a quem possa interessar:

"Meu nome é NÍVEA MARIA De MINGO CORRÊA. Tenho 43 anos e sou portadora de Psoríase desde os 13 anos. Começou no couro cabeludo e depois acabou afetando várias partes do corpo. Usei vários tipos de tratamento. Principalmente os corticóides. Melhorava, mas quando voltava, vinha muito pior."

Mais ou menos em 1987 conheci através de um amigo, o Centro de Fototerapia PUVA. Lá existem tratamentos de acordo com cada caso. No meu caso, usei o Método Goeckerman. São aplicações de raios ultravioleta, após o uso de uma pomada à base de Coaltar. Quando preciso fazer o tratamento, faço cerca de 20 a 25 aplicações. Na 7a. ou 8a. já começo a sentir melhora acentuada. No entanto, a diferença dos outros tratamentos, a Psoríase demora, para mim, em torno de 2 anos para reaparecer. E quando isto acontece as lesões são menores e menos incômodas que em tratamentos anteriores. Que a Psoríase não tenha cura é verdade, mas pode ser tratada e controlada com esse tratamento.

"Após um bem sucedido tratamento na clínica PUVA, gostaria de deixar meu testemunho para outras pessoas possam a mesma forma virem a ser beneficiadas. Há 18 anos tento resolver os sintomas de psoríase, o que me levou a muitos médicos e tratamento quase sempre inúteis, ou ainda ter que ouvir que deveria me acostumar e aceitar como um fato por ser doença auto imune. Hoje estou livre dos sintomas, graças ao método PUVA que recomendo aos que precisam de ajuda nessa área. Um abraço ao grupo do PUVA."
Ruben A. B. Leite


Histórias como estas, na nossa clínica não são raras. A bem da verdade raros são os casos que não ficam 100% satisfeitos.

O tratamento da Psoríase pelo Método PUVA apresenta um índice de eficácia invejável, da ordem de 95% dos casos tratados. Para os casos remanescentes e mesmo todos os outros, temos o Método de Goeckerman com até 98% de resultados altamente satisfatórios. Por último, ainda, o Centro de Fototerapia PUVA S/C Ltda. ministra, se necessário, tratamento pelo Método de Ingram com uso da mais recente conquista no combate à Psoríase : a luz " 311 " também conhecida como "narrow band".

No Centro de Fototerapia PUVA S/C Ltda. o paciente encontra ainda aparelhos específicos para ministração de aplicações em áreas "difíceis" como o couro cabeludo, as palmas das mãos, as plantas dos pés e as unhas.

Não há praticamente Psoríase ou Vitiligo que resistam a este arsenal especializado e vale aqui frisar, SEM O USO de drogas perigosas, injeções ou qualquer tipo de sofrimento que praticamente sempre acarretam efeitos colaterais importantes ou que terminam por provocar a exacerbação posterior do problema.

Os aparelhos usados no Centro de Fototerapia PUVA S/C Ltda. estão equipados com lâmpadas adequadas aos tratamentos propostos, são constantemente monitorados num trabalho contínuo e minucioso e são específicos para os vários tratamentos dos problemas cutâneos.

A ministração de aplicações de "luz" em aparelhos tipo "cama" destinados ao bronzeamento estético, não é praticada no Centro de Fototerapia PUVA S/C Ltda. sendo pelo contrário, vivamente desaconselhada para portadores de qualquer anomalia cutânea.

À parte o fato destes aparelhos não emitirem a mesma irradiação e nem apresentarem a precisão dos aparelhos de uso médico, igualmente não contam com a devida distribuição espectral, indispensável a estes tipos de tratamentos. Mas não fica restrito somente a estes aspectos o uso indiscriminado dos aparelhos destinados ao bronzeamento estético : não há um sequer que possua os indispensáveis instrumentos de medição a fim de dosar convenientemente a ministração da aplicação. Neste caso ou o paciente recebe radiação "a mais" ficando exposto a desagradáveis sequelas posteriores, ou recebe "a menos" - isto é, aquém do necessário e portanto sem algum efeito.

E tudo isto, notem, enquanto as tais "camas para bronzeamento" são operadas por pessoal sem o menor conhecimento técnico, seja prático que teórico do que está acontecendo, ou dos problemas envolvidos. Esta atividade configura exercício ilegal da medicina e sujeita os responsáveis às penas da Lei além de expor os pacientes a sérias conseqüências.

O saudoso Senna ganhava os troféus. Mas não era ele o projetista ou construtor dos veículos, coisa da qual ele não entendia. Inversamente os engenheiros projetistas e construtores entendiam tudo do veículo, mas nunca conseguiriam levá-lo`ao primeiro lugar numa corrida, como o Senna facilmente fazia. Em outras palavras : Medicina é cuidar do doente, diagnosticar e indicar a terapêutica mais adequada. É a arte de curar. O uso de aparelhos para tratamentos médicos que envolvem conhecimento de ciências exatas, como Física e Matemática, requer assessoria de pessoal preparado e habilitado para tanto.

Esta é a verdadeira razão pela qual somos tão eficientes no Centro de Fototerapia PUVA S/C Ltda. : temos a supervisão médica competente, os técnicos devidamente preparados e os melhores equipamentos. É só.